senado aprova plc 28 2017 sobre o uber aplicativo

Senado aprova PLC 28 2017 a lei do fim do UBER

A PLC 28 2017 foi aprovada pelos senadores do Brasil que decidiram que os políticos brasileiros são mais inteligentes e preparados do que o livre mercado e sob frases como: “UBER sangue suga” e “Os trabalhadores do UBER são sub-escravos” tascaram 46 votos a favor e 10 contra.

Nos da Alezzia classificamos esse 31 de outubro como o dia da vergonha nacional. Os políticos brasileiros não foram capazes de aprender com a idiotice de um outro pais, a Dinamarca.

A Dinamarca resolveu socializar o UBER, da mesma forma que o Brasil quer fazer, e o resultado foi que a empresa simplesmente deu bye bye aos dinamarqueses.

É muito impressionante que mesmo com o país se esfacelando os grandes cérebros de Brasília insistem em tratar os investidores internacionais como exploradores. O fato de mais e mais gente estar entrando no crime e no tráfico porque os políticos destruíram as empresas não move um fio de cabelo dos nossos legisladores. O errado é quem trás uma inovação revolucionária ao país.

O Brasil ainda é socialista demais e acredita demais nos políticos e no Estado.

Como diz o ditado: “A arrogância precede a queda”. Há 5 anos atrás não se ouvia falar em Liberalismo, Libertarismo, menos Estado, etc.

Isso agora é falado com uma intensidade inédita. Dentro de mais algum tempo esse movimento vai ficar mais forte ainda.

Um papel ridículo como esse que o Senado fez hoje, aprovar a PLC 28 2017, só vai acelerar a queda.

A lei agora volta a Câmara dos Deputados, pois, houve a modificação que retirou a obrigatoriedade da chapa vermelha e do Estado ter que emitir autorização, mas, o Brasil não precisa de nenhuma regulamentação em um serviço que funciona muito bem.

Alezzia
[email protected]

Indústria de móveis de aço inox com sede no Rio de Janeiro

No Comments

Enviar Comentário