História e estórias do natal

Ainda é mês de novembro e o clima de natal já invadiu a cidade, pelo menos nos shoppings e afins que já estão com suas decorações suntuosas devidamente montadas.

Dezembro se anuncia e já começamos a pensar nos presentes, decoração, comes e bebes.

Então até o natal vou postar várias dicas para que essa data tão especial e que nos deixa de coração mole e sempre querendo comemorar bons momentos com quem amamos seja mais prática e inesquicível.

Para começar vou contar um pouco da história do natal e seus símbolos, existe muitas histórias e estórias sobre essa data e seus significados, aqui no ocidente essas são as mais difundidas.

O natal é a comemoração do nascimento de Jesus Cristo e na antiguidade era comemorado em vários dias diferentes, por não se saber a data exata.

No século IV a data 25 de dezembro foi oficializada como sendo o dia do nascimento de Jesus, acredita-se que a escolha da data tenha haver com a comemoração dos romanos do início do inverno para homenagear o deus da agricultura no festival chamado Saturnália, eles também tinham o hábito de enfeitar pinheiros.

A tradição da árvore também é bem antiga e o modo como conhecemos hoje começou por volta de 1530 na alemanhã, com Martinho Lutero que ficou impressionado com a beleza de um pinheiro coberto de neve sob a luz das estrelas.

A tradição foi trazida para a América ainda no período colonial, por alguns alemães, mas a relatos de que essa tradição é muito mais antiga, bem antes do início da comemoração do natal os egípcios já enfeitavam suas casa com galhos de palmeiras no solstício de inverno para simbolizar o triunfo da vida sobre a morte.

Já o papai noel, sua figura foi inspirada em um bispo chamado Nicolau que nasceu na Turquia em 280 d. C.

Ele costumava ajudar pessoas pobres, deixando saquinhos de moedas próximas a chaminés.

A associação da sua imagem ao natal aconteceu na alemanha e espalhou-se pelo mundo, sua roupa vermelha e cinto preto como conhecemos hoje foi criada pelo cartunista alemão Thomas Nast, não pela coca-cola como muito acreditam e foi apresentada na revista Harper Weeklys no ano de 1886, antes disso ele era caracterizado por uma roupa marrom ou verde escuro.

E então no ano de 1931 a primeira campanha publicitária da coca-cola usando esse figurino criado por Nast que tem as mesmas cores do refrigerante ajudou a difundir mundialmente a imagem do papai noel como conhecemos hoje.

O presepio também é um símbolo importante na decoração natalina, retrata a cena do nascimento de Jesus, em uma manjedoura com seus pais e os tres reis magos, a tradição teve início com São Francisco de Assis no século XIII.

Nos próximos posts vou dar dicas de como decorar sua casa e sobre as melhores comidinhas para o fim de ano, não deixe de ler…



Graziella Cardoso
[email protected]
No Comments

Enviar Comentário