Entenda o real significado da Páscoa

Para muitos, a Páscoa significa feriado, descanso, coelho e muitos, mais muitos chocolates. Mas o significado dessa data é bem mais extenso e importante e esses símbolos, na verdade, fazem parte de um motivo maior. Vamos fazer um breve resumo para entender melhor o porque da celebração.

A Páscoa é uma festa Cristã, que celebra a morte e ressurreição de Jesus Cristo depois de morrer na cruz. Mas muitos dos costumes ligados a essa data são originados de tradições mais antigas, como a celebração do Pessach, a Páscoa Judaica, que é celebrada por oito dias e comemora o êxodo dos israelistas do Egito durante o reinado do Faraó Ramses II.

Sabendo disso, vem a dúvida: E onde entram todos aqueles símbolos que estamos acostumados a ver nessa época? Vamos a eles:

Coelhos: Como esses bichinhos são excelentes reprodutores, simbolizam a fertilidade e a vida

Ovos: O surgimento da vida está ligada ao ovo, simbolizando o nascimento

Cruz: Traduz o sofrimento e redenção

Os ovos de chocolate surgiram após muitos anos, já que, tradicionalmente, costumava-se a pintar um ovo de galinha com cores bem alegres ressaltando a festividade e alegria pascoal.

Mas antes do domingo de Páscoa, comemoramos na sexta-feira anterior, a Sexta-Feira Santa ou da Paixão, onde os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo. E em respeito a este ato, os fiéis procuram nao comer carne vermelha nesse dia.

A comemoração da Páscoa não tem uma data definida, já que varia de acordo com data do carnaval, seguindo a lua cheia definida nas tabelas Eclesiásticas. Mas só após a quaresma, que tem início na quarta-feira de Cinzas, que se é comemorado a Páscoa, com data que varia do dia 22 de março e 24 de abril.

Bom, esse foi um breve resumo da origem da Páscoa, o dia santo mais importante do cristianismo.

Aline Campista
[email protected]
No Comments

Enviar Comentário