Compras pela Web aumentam 30%

Ter um site na internet deixou de ser um luxo para poucos. Atualmente, é quase obrigação das empresas estarem presentes na rede e já não é mais possível ignorar a sua importância. Mas para atender os clientes e alcançar o público-alvo desejado, é necessário estar onde eles estão se quiser sobreviver nesse mercado cada vez mais agressivo e globalizado.

No Brasil, a história não é diferente. Pelo contrário, o país apresenta um dos maiores crescimentos no número de usuários na rede, o que justifica o aumento de 30% na quantidade de compras de bens de consumo feitas através da internet. Isso significa um montante de mais de R$ 8 bilhões em 2008, segundo dados da consultoria E-bit.

Segundo Aline Campista, responsável pelo Marketing da Palmetal – empresa que fabrica móveis em aço inox e desde 2008 faz vendas online através do seu website – com o aumento da interatividade, segurança e velocidade, aliado a uma maior quantidade de pessoas com acesso à rede, a Internet deixou de ser um mero instrumento de pesquisa para tornar-se uma ferramenta de marketing e vendas muito poderosa. “Atualmente, a internet tem se expandido para todas as classes e em todos os estados brasileiros. E graças ao aumento da banda larga e da facilidade de comprar computadores no mercado, o e-commerce tem demonstrado cada vez mais sua força. Além disso, a comodidade e conforto por parte dos clientes e a facilidade nas condições de pagamento são outras vantagens decisivas para esse aumento de compradores na web”, afirma Aline.

E-commerce

As vendas online nasceram através da Amazon.com, que deu início as suas atividades em 1995, nos Estados Unidos. Apenas cinco mais tarde que o setor começou a dar seus primeiros passos no Brasil e desde então, as vendas através do comércio eletrônico não pararam de crescer no país.

A Região Sudeste é a que concentra a maior quantidade de internautas, cerca de 40%. Em seguida, aparece a região Centro-Oeste com 39,4%, região Sul com 38,7% e, por último, o Nordeste, com 25,1% de usuários.

A advogada Ana Carolina Lins, por exemplo, faz parte desse grupo de compradores online. “No início, ficava um pouco insegura de não receber meu produto em casa ou de colocar meus dados para pagamento no site da empresa. Mas hoje em dia, o mercado eletrônico está bem desenvolvido e seguro. Sempre que posso, prefiro fazer minhas compras pela internet. Assim, além de ser muito mais cômodo, economizo tempo e dinheiro, pois em geral os produtos são bem mais baratos”, afirma Ana Carolina.

Outra descoberta do e-bit, foi o público que mais faz compras online. Dentro dos consumidores, 51% eram do sexo feminino e 19% eram pessoas com mais de 50 anos. O ticket medio das compras online foi de R$ 328.

Alexandre do Nascimento
[email protected]

Palmetal é a empresa fabricante dos móveis em aço inoxidável Alezzia. A empresa foi fundada em 1990 e é a primeira a vender esse tipo de produto diretamente ao consumidor.

No Comments

Enviar Comentário