guerra as drogas sintéticas festa com luz branca e violeta

A guerra as drogas sintéticas é perdida e meia

Nós consideramos a guerra as drogas um caso perdido, mas, a guerra as drogas sintéticas é uma guerra perdida e meia.

As drogas de origem vegetal como a maconha, cocaína, heroína, etc. tem um característica que facilita na sua identificação: a consistência na fórmula. Haja o que acontecer a planta vai sempre produzir o mesmo tipo de cocaína.

No caso das drogas sintéticas a coisa muda radicalmente, pois, quem inventa as drogas pode mudar a fórmula dela quase que infinitamente. E a partir do momento que a droga teve sua fórmula alterada ela deixa de ser uma droga ilícita, uma vez que não há legislação específica sobre a mesma.

O que o Estado faz com relação a isso é mover um aparato grande e dispendioso, pago com o dinheiro público, para tentar cadastrar todas as drogas novas que aparecem no mercado. É o clássico exemplo de enxugar gelo, pois, as possibilidades de alteração na fórmula são fáceis e infinitas.

A Globo News fez um programa excelente sobre o tema e inclusive entrevistou usuários dessas drogas sintéticas. Pela entrevista foi possível perceber que o efeito do combate é nulo ou quase nulo, pois, uma das entrevistadas falou com toda a tranquilidade que usava as drogas uma vez por semana, parando apenas por estar saindo menos e talvez por ter ficado mais velha.

E o fato de essas drogas terem que ser alteradas regularmente para fugir da fiscalização tem como efeito colateral um elevado risco ao usuário. Na mesma reportagem quem usa deixam claro que o risco a vida deles é maior por não poderem consumir um produto legalizado. Tudo é feito no mercado negro e no escuro.

drogas sinteticas mdma coloridos sobre a mesadrogas sinteticas mdma coloridos sobre a mesa

 

As pessoas no geral querem usar o MDMA que é uma droga perigosa, mas, ela se torna muito mais perigosa, pois, os fornecedores desse produto precisam mudar constantemente a fórmula para tentar escapar da polícia. Essas novas composições podem ser mais perigosas ainda aos usuários. Ou seja, o combate elevou o risco de morte sem reduzir o consumo.

Nós somos muito contra as drogas, mas, como Milton Friedman falou: “Eu sou a favor da legalização das drogas. De acordo com o meu sistema de valores, se as pessoas querem se matar, elas têm todo o direito de fazê-lo. A maior parte do mal que vem de drogas é porque eles são ilegais.”

 

A maior parte do mal que vem de drogas é porque eles são ilegais ~ Milton Friedman

 

Guerra as drogas sintéticas – resultados:

Agora vamos listar os resultados dessa política de combate.

  1. Gasto inútil do dinheiro do povo
  2. Maior risco de vida para o usuário
  3. Irrelevante na redução do uso
  4. Criação de um mercado clandestino
  5. Elevação do preço do produto
  6. Zero possibilidade de arrecadar o mínimo de dinheiro com impostos para ajudar no tratamento e em campanhas anti drogas.

Para nós passou demais do tempo de tirar fora essas drogas da ilegalidade. Quem quiser se matar que se mate em paz.

Link para o video:

[vc_video link=’https://www.youtube.com/watch?v=KuYro8ab3Ek’]

 

 

 

Alezzia
[email protected]

Indústria de móveis de aço inox com sede no Rio de Janeiro

No Comments

Post A Comment