trabalhadores e a pergunta sobre aumentar o salário em caso de fim da clt

A Alezzia iria aumentar o salário dos seus funcionários com o fim da CLT?

Toda vez que falamos da CLT a pergunta é recorrente: “Vocês iriam aumentar o salário dos seus funcionários com o fim da CLT?”

A resposta é sim e não.

Como o Brasil está há anos com governos comunistas, vide a frase do nosso ex-presidente: “Prefiro dar dinheiro a pobre a cortar imposto”, as pessoas acham que as empresas tem que imediatamente repassar qualquer corte de gastos com a CLT para os funcionários. A única alternativa a essa hipótese, na cabeça do brasileiro comum, é o empresário explorador mega milionário, ficar ainda mais mega milionário com esse lucro.

Mas será que isso realmente seria a melhor opção?

Alternativas a aumentar o salário

  1. Baixar o preço dos produtos: Se a empresa está jogando menos dinheiro no lixo com fiscalizações e brigas na justiça sobra dinheiro para tornar os produtos ou serviços mais baratos, e isso certamente seria bom para o consumidor.
  2. Investir em marketing: Se a empresa pegar esse dinheiro e fizer mais marketing ela vai vender mais, e com isso vai fazer hora extra ou vai contratar mais funcionários para dar conta da demanda.
  3. Investir em equipamentos: Essa seria a nossa opção número 1, tanto da direção da empresa como dos funcionários, pois, com equipamentos modernos o lucro dispara e bolo aumenta para todo mundo.
  4. Contratar novos funcionários: Poderíamos não repassar diretamente em salário, mas, sim contratar um novo grande profissional que aumentaria as nossas vendas ou desenvolveria novos produtos de ponta.
  5. Pagar dívidas: Esse item está muito além da cabeça da maioria dos brasileiros, mas, as empresas, quase todas, carregam dívidas pesadas. Se livrar das dívidas significa que a empresa estará mais saudável para em um segundo momento contratar mais pessoas ou dar aumento.

 

E quanto ao aumento em sí?

Se nas empresas houver algum funcionário muito bom que está com o salário bem defasado, é provável que o gestor resolva aumentar o salário desse membro da equipe. Se todos estiverem com os vencimentos em linha com o mercado a empresa deverá optar por uma das alternativas acima.

E de qualquer forma, mesmo que o aumento do salário não aconteça na primeira leva, o fato de a empresa ter reinvestido o dinheiro em alguma das alternativas anteriores vai fazer com que ela lucre mais, e cedo ou tarde, parte disso será revertido para salário. Apesar de o brasileiro normal achar que a empresa deve ser pobre e o funcionário rico, isso não é sustentável. Para o funcionário ter um bom salário com segurança, é imperativo que a empresa esteja tendo lucros consistentes.

 

E se o patrão usar o dinheiro todo para comprar um novo carro de luxo?

Vamos colocar essa hipótese extrema… A CLT acabou e o gasto com pessoal caiu. O líder dessa empresa ao invés de aumentar o salário da equipe usaria o dinheiro para trocar o carrão de luxo dele. Ainda assim, se essa for a escolha do gestor, ele estará dando dinheiro para uma outra empresa que sustenta várias famílias. E isso será melhor do que dar dinheiro para o governo sustentar aposentadorias de R$200.000 e negócios fraudulentos de cima a baixo do pais.

 

Agora que você entendeu que não necessariamente o dinheiro será repassado em uma tacada para os funcionários, veja por que Seattle teve perde de rendimento dos trabalhadores mesmo com o aumento do salário mínimo.

 

Alezzia
[email protected]

Indústria de móveis de aço inox com sede no Rio de Janeiro

2 Comentários
  • Heitor Ximenes
    Postado em 07:20h, 06 julho

    Na segunda linha do tópico “E se o patrão usar o dinheiro todo para comprar um novo carro de luxo?”, vocês usam a expressão “ainda sim”, o correto é “ainda assim” quando o sentido é o de que mesmo dessa forma estaria correto.

  • Daniel
    Postado em 01:12h, 07 julho

    Toda essa ladainha só p deixar claro q fim da CLT vai ser só p trabalhador se ferrar…obg alezzia…hahahaja

Enviar Comentário