Trabalho sentado: a importância de uma boa cadeira

Quais as expectativas que você tem de uma boa cadeira de trabalho? Tem que ser forte e ter uma boa aparência? Alguma vez você já pensou na influência que pode ter uma boa cadeira na sua produtividade?

Neste post vamos analisar como o trabalho sentado influencia na produtividade, como as consequências de uma postura ergonômica inadequada nas atividades diárias pode prejudicar a saúde e acima de tudo a importância de uma cadeira ideal em ambientes de trabalho como um laboratório.

Doenças ocupacionais

As doenças ocupacionais são adquiridas por meio de exposição dos trabalhadores aos agentes ambientais, físicos, químicos, biológicos e ergonômicos em situação acima do limite tolerável.

O comitê misto OIT/OMS aprovou em 1950 uma resolução que foi a primeira definição sobre as funções da medicina do trabalho. Sua definição de saúde no trabalho aborda a promoção e manutenção do mais alto grau de bem estar físico, mental e social dos trabalhadores em todas as profissões; a prevenção, entre os trabalhadores, dos desvios de saúde causados pelas condições de trabalho; a proteção dos trabalhadores, em seus empregos, dos riscos resultantes de fatores adversos à saúde; a colocação e a manutenção do trabalhador adaptadas às aptidões fisiológicas e psicológicas, em suma: a adaptação do trabalho ao homem e de cada homem a sua atividade. Para contribuir com a saúde do trabalhador, iniciou-se o estudo e desenvolvimento da ergonomia, que trata da adaptação do trabalho às características do indivíduo.

Estudos recentes têm mostrado que uma pessoa pode perder até 40% de rendimento em seu dia de trabalho devido a uma postura física incorreta ou desconforto.

trabalho-sentado-cadeiras-brancas-em-oficina

Cadeiras Alezzia em oficina

A importância de uma boa cadeira

As limitações que uma má postura traz são na maioria das vezes compensadas pelo esforço físico e energia. Energia essa que estaria melhor empregada na realização de alguma tarefa. Uma boa cadeira proporciona recursos importantes ao usuário: previne a rápida fadiga e impulsionam a concentração e a motivação, ou seja, tem efeito direto na qualidade do trabalho, podendo diminuir os índices de erro em até 20%.

A qualidade de uma boa cadeira de trabalho se mostra não apenas no tipo de material utilizado e no acabamento, como também em muitos outros aspectos como: durabilidade, e possibilidade de tornar a cadeira personalizada para as necessidades de cada pessoa, como altura do encosto.

Uma boa cadeira de trabalho deve integrar-se totalmente com o conceito de segurança. Essa concepção repercute não apenas na construção da própria cadeira como também na perfeita orientação em relação às tarefas que se devem cumprir no ambiente de trabalho.

A SEGURANÇA se escreve com letras maiúsculas na Palmetal

Uma boa cadeira só pode ser realmente boa se está perfeitamente equipada para cumprir com sua finalidade. Simples assim. Esta convicção é nossa base para criar todos os nossos conceitos de cadeiras. O desenvolvimento tecnológico sempre traz consigo novos requisitos, por esta razão, investimos muita energia em desenvolvimento e pesquisa.

Prevemos e descartamos os possíveis riscos de lesão. Perseguimos com esforço a excelência de equipar nossas cadeiras de maneira segura para prever os acidentes antes mesmo que eles ocorram.

Cada atividade implica em requisitos especiais diferentes. Por exemplo uma boa cadeira para escritório se adapta de maneira idônea para as condições de trabalho no escritório. Em contrapartida, uma cadeira de laboratório deve satisfazer outros requisitos básicos como fácil e efetiva limpeza, baixa possibilidade de contaminação, e resistência.

Muitas empresas seguem empregando cadeiras velhas por motivos de baixo custo. Só uma cadeira que se adapte aos requisitos de segurança da sua empresa pode proporcionar o nível de segurança necessário. A segurança é quantificável e não confie em promessas vazias. Se a pessoa não pode trabalhar de maneira relaxada e confortável, erros perigosos são mais próximos de serem cometidos.

Uma boa cadeira de trabalho promove ações e atitudes saudáveis e servem para fomentar a saúde ativamente. Evitam posições incorretas e lesões em médio e longo prazos.

Na prática, um trabalhador passa mais tempo sentado em sua cadeira de trabalho que deitado na cama. Portanto, o ambiente de trabalho agradável motiva, evita frustrações e favorece que o trabalhador cumpra com sua obrigações de forma leve e saudável.

Pessoas que tem que realizar trabalhos físicos repetitivos, como técnicos de laboratório necessitam de uma cadeira que os ajude. Uma boa cadeira de trabalho permite adaptação proporcionando liberdade de movimentos ideal.

 

Em laboratórios: requisitos especiais

 

trabalhar-sentado-em-laboratorio

O trabalho em laboratório implica em requisitos que não podem ser comparados com outros requisitos de outros tipos de trabalho, como em uma indústria ou em escritórios por exemplo.

Contando com um alto grau de higiene, uma cadeira de laboratório tem que satisfazer outros requisitos, por exemplo: permitir ao usuário liberdade de movimento e não deve ocupar muito espaço. Ademais, as expectativas de ergonomia e conforto também devem ser elevadas pois as tarefas em um laboratório requerem motricidade precisa, e acima de tudo concentração.

A pessoa que trabalha em laboratório na maioria do tempo se encontra em posição inclinada, olhando por um microscópio, ou pipetando amostras, e essas atividades se tornam mais simples graças a uma cadeira segura e adaptável.

O material também faz toda a diferença, deve ser de fácil limpeza, com baixos índices de contaminação, e ser for sustentável melhor ainda. Na fabricação destas cadeiras, deve se ter em conta que as pequenas ranhuras podem favorecer a acumulação de germes e bactérias.

Graças ao design único, as cadeiras de laboratório Palmetal preenchem todos os requisitos, pois são fabricadas em aço inox AISI 304,  se tornando perfeitamente adaptadas a esses ambientes restritos.

Ao considerar cada uma das situações de trabalho cotidianas em um laboratório, a Palmetal inovou criando cadeiras ideias para a indústria em três modelos: Lab-E ( estofada), Lab-l (em aço inox escovado), e Lab-P (perfurada).

 

 

 

 

 

Agora que você sabe a importância que uma boa cadeira tem no ambiente de trabalho, leia mais sobre o aço inox e indústria farmacêutica.

 

 

Cristiane Mesquita
[email protected]
No Comments

Enviar Comentário