trabalhador americano e porque o salario no usa são tão altos

Porque os salários no USA são altos e no Brasil são baixos?

O fato dos salários no USA serem altos é um dos motivos pelo qual muita gente no Brasil se apega para justificar que é necessário um livro de direitos para que o emprego funcione nesse país.

O resumo é mais ou menos assim: Como no USA os salários são altos, eles não precisam de CLT. Aqui como os salários são baixos, nós precisamos que os políticos se intrometam na vida das empresas e dos trabalhadores não deixando eles negociarem livremente.

E por qual motivo os salários no USA são tão altos?

A explicação para o brasileiro médio comuno-socialista é: “Porque no USA os empresários são bons e gostam de remunerar bem os seus funcionários ao passo que no Brasil os empresários são maus, visam lucro e querem pagar pouco

Como quase todas as explicações fáceis e simples, essa também é obviamente errada e completamente ideológica.

Tecnicamente falando, salário é riqueza. Quanto mais riqueza existe em um determinado lugar, mais fácil de essa riqueza ser distribuída. Vide uma fruta qualquer… Se você mora ao lado de uma plantação de manga, na época da colheita você vai comprar uma caixa de manga pagando muito pouco, algo em torno de 10 reais. Por outro lado se você mora muito distante de uma plantação de manga, e quiser chupar uma fora da época, se você conseguir a fruta, você vai pagar mais de 10 reais a unidade.

Seguindo a mesma lógica, nós vamos voltar ao USA…

Nesse país acima do Equador, ficou convencionado por uma série de líderes que nasceram e governaram aquele país, que o Estado e seus políticos não iriam interferir na vida das empresas, pelo contrário, as empresas teriam uma série de proteções e incentivos ao seu crescimento. Esse mesmo modelo com algumas adaptações foi copiado por países asiáticos, mesmo com toda a diferença cultural. E lá também, ao contrário do que os ideólogos brasileiros pregam, os resultados foram os mesmos, provando que as leis do universo estão acima de pequenas diferenças culturais.

Já no Brasil, os líderes que nasceram e governaram até agora o nosso país, resolveram que os políticos deveriam interferir muito na vida das empresas e em suas relações de trabalho. Os dois modelos funcionaram lá e cá em toda a sua glória. Passadas décadas de atividade dos dois caminhos nós podemos ver o resultado na imagem abaixo:

o mapa das maiores empresas do mundo explica os salários no usao mapa das maiores empresas do mundo explica os salários no usa

Esse é o mapa da Fortune 500 com a lista das maiores empresas do mundo. Você pode observar que enquanto USA, Europa e Ásia estão abarrotadas de grandes empresas nós somos uma pálida sombra no mundo das companhias globais. Para sermos mais precisos, no mesmo tempo que o USA possuem 134 empresas no ranking, e a China possui 103, nós brasileiros possuímos apenas, prepare-se…, 7 empresas. Sendo que dessas sete, três são bancos, uma é a Petrobrás, outra é a Vale e a sexta é a JBS, que são os amigos do rei.

Ou seja, nosso sistema em que os políticos se metem em todos os aspectos da vida de uma empresa, seja por CLT ou por Impostos, gera resultados pífios no que tange a geração de riqueza. Isso fica mais evidente quando se olha para a China e se constata que até o ano de 1996 nós tínhamos a mesma quantidade de riqueza que eles. Depois disso tomamos de lavada.

Nesse meio tempo, a China, do Partido Comunista, tem protegido suas empresas e seus empreendedores dos ataques dos políticos, o Brasil e sua liberdade tem agido cada vez mais como um país comunista, onde os políticos interferem em tudo. O gráfico acima mostra o resultado dessas vertentes, e hoje, por incrível que pareça, um trabalhador chines, aquele que era escravo antigamente, já ganha mais que um brasileiro.

E mesmo quando comparamos com países pequenos como a Holanda ou a Coréia do Sul o Brasil também toma de 7 x 1. A primeira possui 12 empresas entre as maiores do mundo e a segunda 15. Para ver a lista das dez maiores visite a wikipedia.

Voltando aos salários no USA

Na terra do Tio Sam eles foram pragmáticos… Pensaram: “Se queremos salários altos, quem paga os salários tem que ter riqueza para poder pagar”. Com isso, as empresas nos Estados Unidos não gastam tempo com papelada de políticos, inspeções do ministério do trabalho ou ações na justiça do trabalho de funcionários que receberam todos os direitos e mesmo assim querem tentar mais alguma coisa. Enquanto um empresário brasileiro está sempre em um banco de espera do fórum ou juntando papéis para entregar ao governo as empresas americanas concentram o seu tempo em criar Facebook, iPhone, tênis Nike, participar de feiras e eventos, fazer filmes legais, atender aos clientes, e por ai vai.

Como o tempo lá é gasto em coisas que agradam os clientes, os clientes compram mais, elas ficam ricas, e com elas ricas elas contratam mais pessoas e ai começam a faltar pessoas no mercado e o salário dispara.

Como os salários no usa são muito altos, brasileiros e mexicanos fogem das leis trabalhistas que os protegem para ir para o USA labutar sem direito nenhum mas com os rendimentos nas alturas.

Ou seja, o fato de os salários lá serem altos não tem nada a ver com o empresário americano ser bonzinho e o brasileiro perverso, e sim, com a quantidade astronômica de riqueza que eles podem produzir e nós não, devido ao peso dos políticos sobre o setor produtivo.

Se você quer chupar muita manga, vai ter que parar de infernizar o agricultor, pois magas, assim como empresas, não crescem movidas por ideologias.

 

 

Observação:

Nossa empresa está focada em acabar com a CLT no Brasil, junte-se a nós nessa cruzada que vai fazer os salários dispararem aqui. Assine nossa newsletter e curta nossa página no Facebook. Nosso plano é em 2018 ter as primeiras atividades concretas retirar de circulação essa lei do tempo da ditadura.

Alezzia
[email protected]

Indústria de móveis de aço inox com sede no Rio de Janeiro

No Comments

Enviar Comentário